28/05/2018 7:33 pm

Adiado o Seminário Vidas Ameaçadas

A organização do “Seminário Vidas Ameaçadas – luta e resistência no campo e na cidade” informa sobre o adiamento da atividade, programada inicialmente para o dia 29 de maio, das 9h as 16h no auditório Central da UFMA, em São Luís. A suspensão das aulas no campus da Universidade Federal do Maranhão e em outras universidades públicas e privadas, devido ao desabastecimento de combustível na cidade compromete toda a logística de deslocamento do público alvo do seminário, que vai além dos universitários.

Em momento oportuno será divulgada uma nova data da atividade que tem por objetivo principal objetivo homenagear a Memória e a História de pessoas que deram sua vida pela luta coletiva, por direitos dos povos e comunidades tradicionais ao seu território, terra, trabalho e pão. O seminário também é uma demonstração de que a resistência e a luta persistem, a pesar de tentarem calar a voz daqueles que lutaram e lutam por direitos e dignidade.

Sobre o Seminário Vidas Ameaçadas

“Vidas Ameaçadas – luta e resistência no campo e na cidade” é o tema de seminário organizado por movimentos sociais, sindicatos e militantes não-centralizados. A atividade tem como objetivo homenagear a Memória e a História de pessoas que deram sua vida pela luta coletiva, por direitos dos povos e comunidades tradicionais ao seu território, terra, trabalho e pão. O seminário também é uma demonstração de que a resistência e a luta persistem, a pesar de tentarem calar a voz daqueles que lutaram e lutam por direitos e dignidade.

No Maranhão, somente de 2016 de para cá, mais de 100 militantes sociais estão sob ameaça direta, dos quais 50% já tiveram que deixar suas casas e procurar abrigo em sistemas de proteção. Outros tantos, como Flaviano Pinto Neto, Izídio, Euzébio Kaapor, Cabeça, Humbi

co, dentre outros, tombaram defendendo seu chão e sua gente.

Nota sobre o Adiamento

A organização do “Seminário Vidas Ameaçadas – luta e resistência no campo e na cidade” informa sobre o adiamento da atividade, programada inicialmente para o dia 29 de maio, das 9h as 16h no auditório Central da UFMA, em São Luís. A suspensão das aulas no campus da Universidade Federal do Maranhão e em outras universidades públicas e privadas, devido ao desabastecimento de combustível na cidade compromete toda a logística de deslocamento do público alvo do seminário, que vai além dos universitários.

Em momento oportuno será divulgada uma nova data da atividade que tem por objetivo principal homenagear a Memória e a História de pessoas que deram sua vida pela luta coletiva, por direitos dos povos e comunidades do campo e da cidade ao seu território, terra, trabalho e pão. O seminário também é uma demonstração de que a resistência e a luta persistem, a pesar de tentarem calar a voz daqueles que lutaram e lutam por direitos e dignidade.

Convidamos ainda a todos a participarem da Plenária Sindical e Popular que acontece no próximo dia 28/05/2018 as 19h no Sindicato dos Bancários, na rua do Sol, para encaminhamento das lutas.

Comissão Organizadora do Seminário Vidas Ameaçadas

marca do MIQCB

MIQCB

MOVIMENTO INTERESTADUAL DAS QUEBRADEIRAS DE COCO BABAÇU

Rua da Palma, nº. 489 - Centro Histórico

São Luís - Maranhão

CEP: 65010-440

Contato:

Fone: (98) 3268-3357

E-mailmiqcb@miqcb.org.br


Intranet

Copyright - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por TODAYHOST